Categoria Eventos

image_pdfimage_print

Arcanjo Restaurante presenteia clientes com palestra

Evento com Marcos Carvalho, autor Vírtua, ocorre dia 15 de março, integrando ações do mês das mulheres no Arcanjo

Um dos mais tradicionais  e conceituados restaurantes de Caxias do Sul, o Arcanjo brinda seu público com um grande presente na próxima sexta-feira, 15 de março, a partir das 21h. Após o jantar, os clientes poderão assistir gratuitamente à palestra “Aprenda a usar os sete maiores poderes de sua mente”, do pesquisador, escritor e palestrante Marcos Carvalho.

Natural de Carazinho (RS), Marcos Carvalho atualmente reside em Veranópolis (RS), de onde gerencia sua atuação em diversos estados brasileiros. Ele é autor da coletânea de livros “A arte de treinar a mente”. A Editora Vírtua, de Caxias do Sul, além de editar a segunda edição da coletânea, com lançamento previsto para abril em Curitiba (PR), gerencia as palestras de Carvalho, levando conhecimento a milhares de pessoas por todo o Brasil. Com uma linguagem objetiva e direta, ele aborda em suas palestras assuntos sobre filosofia, neurociência, teologia, neurolinguística e nutrologia, seguindo a linha de grandes pesquisadores e autores dessas áreas, como Lair Ribeiro, Ivan Maia, Augusto Cury, Joseph Murphy, Napoleon Hill, Daniel Goleman, entre outros. Tudo visando a aplicação prática dos conteúdos abordados na vida do público ouvinte.

materia01 - Arcanjo Restaurante presenteia clientes com palestra

Marcos Carvalho já realizou palestras em vários estados brasileiros

A ação diferenciada é um grande presente para o público do Arcanjo Restaurante. Situado na Rua Pinheiro Machado, 2851, em São Pelegrino, além da comodidade do estacionamento próprio e de espaços como Lounge Bar, salão principal, salão privativo e espaço kids, tudo mesclando conforto e muito bom gosto, dispõe de culinária diferenciada. São diversas opções de saladas, sopas, risotos, massas, carnes, frutos do mar e sorvetes, além de amplo cardápio de drinks e bebidas.

Mais informações:

Editora Vírtua

Rafael Augusto Machado – Jornalista

E-mail: treinaramente@editoravirtua.com | contato@editoravirtua.com

Telefone: (54) 3214.6119

Whatsapp: (54) 99206.4363

“A arte de treinar a mente” é a nova parceira da Editora Vírtua

Coletânea de livros e ciclo de palestras de Marcos Carvalho passam a ser gerenciados pela editora a partir de 1 de março

Entre os itens que compõem a missão da Editora Vírtua como empresa está o compromisso de levar conhecimentos positivos e transformadores aos seus leitores. O que já aconteceu com a publicação de diversos livros ganhará um capítulo muito importante a partir do dia 1 de março de 2019, mês em que a marca Vírtua comemora 5 anos de mercado.

A editora fechou uma parceria com o pesquisador, escritor e palestrante Marcos Carvalho, especialista em desenvolvimento da mente humana. Desde 2002, ele já realizou palestras em todo o Brasil. A editora está desenvolvendo a segunda edição da coletânea de livros “A arte de treinar a mente”, de autoria de Marcos, que abrange 7 livros (veja abaixo) repletos de conhecimentos e técnicas para que os leitores tenham uma vida plena em todos os aspectos pessoais, sociais e profissionais através do treinamento de poderes mentais que todos os seres humanos têm.

IMG 20190124 WA0146 - "A arte de treinar a mente" é a nova parceira da Editora Vírtua

Marcos Carvalho com a coletânea de livros “A arte de treinar a mente”

A previsão é de que a edição com a marca Vírtua seja lançada em abril, em Curitiba (PR). Paralelamente, a editora passará a organizar palestras e treinamentos ministrados por Marcos, nos quais ele explicará o conteúdo dos livros e levará aos participantes conhecimentos preciosos para que todos tenham mudanças significativas em suas vidas e alcancem naturalmente sucesso pleno em todos os seus empreendimentos e relacionamentos. Aém disso, a Vírtua realizará todo o planejamento de marketing digital da marca “A arte de treinar a mente”, desenvolvendo todo o conteúdo de redes sociais e de divulgação da marca.

Os primeiros passos acontecerão a partir do dia 1 de março, quando ocorre a palestra “Aprenda a usar os sete maiores poderes da sua mente” no Espaço Terapêutico Zen Vitale (Rua Dom José Barea, 967) em Caxias do Sul (RS). Na semana seguinte, no dia 7, a mesma palestra acontece no Arcanjo Restaurante (Rua Pinheiro Machado, 2851), também em Caxias do Sul.

Conheça os sete livros da coletânea “A arte de treinar a mente”:

Volume 1: Princípios e Valores Humanos
Volume 2: O poder dos relacionamentos
Volume 3: O poder da comunicação
Volume 4: Essência de liderança pessoal e profissional
Volume 5: Despertar para a realidade
Volume 6: Crença, visão e competência
Volume 7: Princípios e valores da felicidade

Compre em: www.editoravirtua.com/loja

Conheça “A arte de treinar a mente” na internet:

Facebook: aartedetreinaramente

Instagram: treinaramente

Youtube: www.editoravirtua.com/treinaramente

Um amor que transcende as barreiras do tempo. E que pode salvar a humanidade

Livro “O último Einstein e a relatividade do amor, de Claudia Hackbart, terá
lançamento oficial no dia 12 de outubro, às 18h, na Feira do Livro de Caxias do
Sul. Obra foi homenageada com a medalha Jorge Luiz Borges como um dos
melhores livros estrangeiros pela Associação Internacional de Escritores e
Artistas (Literarte). No dia 20 do mesmo mês, antologia com um conto da autora
será lançada em Paris

Claudia Hackbart, pelotense radicada em Caxias do Sul (RS), certamente vive o seu
melhor momento na carreira literária. Depois de lançar os livros “E se o destino soprar?”,
“A liga escolar” e “Quando o destino sorri pra você”, ela brinda os leitores com mais uma
grande obra, carregada de expectativa junto aos amantes da leitura. “O último Einstein e
a relatividade do amor” (Editora Vírtua, 196 pg, R$ 30) mescla realidade e ficção em uma
história que nos remete a muitos dramas vividos pela sociedade atual, como conflitos
internacionais, incertezas quanto ao futuro e o remorso coletivo pelos erros cometidos
pela sociedade ao longo dos anos. Em meio à trama, a autora aborda de forma lúcida
e fascinante questões como viagem no tempo, universos paralelos, o poder da mídia e,
é claro, o amor. Tudo com uma pitada de inspiração na vida e obra de Albert Einstein.
O cientista alemão viaja no tempo para ajudar o seu tataraneto Alberto e a amada dele,
Alice, a salvarem a humanidade, aterrorizada pela Terceira Guerra Mundial.

capa baixa - Um amor que transcende as barreiras do tempo. E que pode salvar a humanidade

O brilhantismo da obra chamou a atenção de entidades internacionais. A Associação
Internacional de Escritores e Artistas (Literarte) homenageará Claudia no dia 7 de
novembro, no Centro Cultural Buenos Aires, na capital Argentina, com a medalha Jorge
Luiz Borges, concedida aos melhores livros estrangeiros selecionados pela entidade.
Aliás, o momento internacional de Claudia não se restringe a território sul-americano.
A escritora teve o conto “Asteria, a estrelinha aventureira” selecionado para participar da
antologia “A vida no fundo do mar”, que terá lançamento no Carrousel du Louvre, em
Paris, França, no dia 20 de outubro, às 18h. A obra ganhou tradução para o francês, e tem
como principal objetivo atingir as escolas do país europeu que atendem alunos brasileiros
ou filhos de brasileiros, para que não percam o contato com a língua portuguesa.
Os livros de Claudia podem ser adquiridos na Feira do Livro de Caxias do Sul no
estande da Livraria Shalom, e após o evento podem ser comprados diretamente com a
autora ou nos pontos de vendas parceiros da Editora Vírtua.

orelha baixa - Um amor que transcende as barreiras do tempo. E que pode salvar a humanidade

Claudia e sua ascenção internacional: momento ímpar

Mais informações:
Claudia Hackbart: lovinhabart@gmail.com | (54) 99140.1254
Editora Vírtua: contato@editoravirtua.com | (54) 99206.4363

Tudo pronto para a 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul

Evento, que ocorre entre os dias 29 de setembro e 14 de outubro, contará com 45 bancas expositoras, 62 escritores e diversas atividades paralelas. Editora Vírtua, mais uma vez, será a editora com maior número de livros lançados. Conheça cada um deles

Quem passa pela Praça Dante Alighieri, no coração de Caxias do Sul, já pode conferir que a estrutura para a 34ª Feira do Livro da segunda maior cidade gaúcha já está toda montada. O espaço que abrigará as 45 bancas expositoras e os eventos paralelos já começa a ser ocupado pelos profissionais que trabalharão no evento, gerando grande expectativa em todos os amantes da literatura da região. “Esperamos manter neste ano a média de vendas do ano passado, que alcançou 57 mil exemplares, com expectativa de chegarmos aos 60 mil. Para isso, estamos preparando uma feira muito bonita, que conta com o trabalho incansável da equipe da Secretaria da Cultura, junto aos apoiadores, parceiros e patrocinadores”, resumiu Maria Cristina Tiburi Pisoni, diretora do Departamento do Livro e da Leitura da Secretaria Municipal da Cultura. Neste ano, as bancas oferecerão até 20% de desconto durante a Feira.

aerea 1 - Tudo pronto para a 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul

Vista aérea da Feira do Livro de Caxias do Sul. FOTO: Organização do evento

Participando do evento pelo quinto ano consecutivo, a Vírtua será a editora com o maior número de livros com lançamento e sessões de autógrafos, a exemplo do que ocorreu em 2017. Ao todo, serão 10 títulos da marca apresentados ao público. Conheça cada um deles:

“Kay, a coruja restaurativa”, de Antonio Flavio Teixeira – 29.09, 14h: Uma história cheia de bons valores para serem apresentados às crianças, como amizade, cooperação, respeito e amor à natureza. Conta a história da convivência de animais de diferentes espécies em um mesmo ambiente, destacando a importância de respeitar as características e necessidades de cada um para uma convivência pacífica entre todos.

“Pedaços”, de João Batista da Silva – 29.09, 15h: Neste livro, o escritor expressa todo o seu talento com a poesia, jogando com as palavras para demonstrar e expressar sentimentos que lhe marcaram com relação a pessoas, lugares, emoções e muito mais, sempre exaltando o lado humano das situações do cotidiano. Um livro de fragmentos poéticos, um enfeixe de poemas com sensibilidade à flor da pele.

“Ella”, de Leandro Angonese – 29.09, 16h: Uma verdadeira celebração à divindade feminina. Com seu estilo poético marcante, Leandro Angonese fala de sentimentos que vão ao mais íntimo de cada ser, como um homem que declara-se, continuamente, à mulher que sempre amou.

“Agradecer, vencer, comemorar”, de Zulmira G. Trindade P. da Costa – 05.10, 17h: Nesta obra, a autora traz um relato pessoal de todo o aprendizado que teve ao vivenciar um drama de saúde na família, que lhe exigiu dedicação exclusiva nos cuidados ao marido, após ele sofrer um Acidente Vascular Cerebral. Além de importantes lições, o livro traz também uma série de informações importantes para pessoas que vivenciam a mesma situação.

“Retrospecto da vida”, de Lourdes Lacava – 06.10, 14h: A obra reúne uma série de poemas escritos ao longo dos 78 anos de vida da autora, nos quais ela conta suas impressões sobre situações, lugares e pessoas, além de expressar emoções e lembranças.

“A república dos inocentes”, de Vanderlei Francisco Silva – 06.10, 15h: Nesta obra, a quarta de Vanderlei, o autor mergulha nos bastidores dos esportes e da política da América Latina, mostrando uma face desconhecida do grande público no que tange os jogos de poder e interesses. Na obra, ele fala de assuntos como corrupção, desorganização do sistema carcerário brasileiro, religiões e grande mídia.

“O grande vazio”, de André Fortunato – 06.10, 16h: Neste livro direcionado ao público infantojuvenil, André conta a história de Juninho, um garoto que conhece a bíblia e os valores cristãos e neles encontra as respostas para muitos questionamentos que ele tem a respeito da vida, tão caracterizada atualmente pela competitividade, a vaidade e o consumismo.

“A menina que caminhava”, de Laiana Cardoso – 07.10, 15h: Este pequeno livro mostra como a tragédia ocorrida com a menina Naiara, em Caxias do Sul, marcou a vida da cidade e o coração dos alunos da autora, professora na Rede Pública Municipal de ensino. Após lerem um texto da professora sobre o fato, os estudantes ficaram encantados e aconselharam-na a publicar um livro sobre o assunto. A proposta ficou ainda mais interessante quando os estudantes se propuseram a fazer as ilustrações da obra.

“Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro”, de Gisela Cardoso – 10.10, 18h: No livro, a autora retrata sob o olhar da psicologia jungiana a obra “Ópera do Malandro”, do compositor brasileiro Chico Buarque, traçando assim uma apurada análise dos arquétipos femininos e sociais que compõem esta obra e a forma com que estes mesmos arquétipos estão presentes na sociedade brasileira.

“O último Einstein e a relatividade do amor”, de Claudia Hackbart – 12.10, 18h: Há um instante no tempo que define toda uma história. Esta frase define o novo livro da escritora Claudia Hackbart. Ficção baseada em muitos fatos reais, a obra retrata um mundo prestes a sucumbir devido à tarceira guerra mundial. Neste cenário tenso, um grande cientista do passado reaparece no Brasil e, com a ajuda de seu tataraneto e o grande amor da vida dele, viaja no tempo para salvar a humanidade.

10 - Tudo pronto para a 34ª Feira do Livro de Caxias do Sul

 

Vamos falar sobre bullying?

André Fortunato debate o tema com alunos de escolas de Nova Petrópolis (RS) e realiza oficinas de desenho

Tema atual e muito debatido nas escolas, o bullying foi o foco das ações do cartunista André Fortunato, da André Ilustras, em visita a duas escolas de Nova Petrópolis, na Serra Gaúcha. Com um livro em formato de histórias em quadrinhos publicado sobre o tema, ele une seu talento para desenhar com mensagens de conscientização sobre o assunto, adaptadas às situações vividas pelas crianças nas escolas.

A primeira visita ocorreu na Escola São José, onde André exibiu um vídeo sobre o assunto para os alunos e em seguida promoveu uma oficina de desenhos, mostrando técnicas de ilustração aos pequenos. “As crianças adoraram e foram muito receptivas”, conta o ilustrador. Depois, foi a vez de visitar a Escola 1º de Maio, onde foram realizadas as mesmas atividades, também com participação ativa dos alunos.

15092018c - Vamos falar sobre bullying?

André com a equipe da Escola São José. FOTO: Divulgação/André Ilustras

As palestras e oficinas de desenhos fazem parte de atividades desenvolvidas por André em escolas, empresas e associações, onde ele executa também trabalhos de facilitação gráfica, dando vida através dos desenhos a atividades realizadas nestes locais. Os próximos eventos acontecerão na Comunidade Evangélica Adorart, em Novo Hamburgo (RS), no dia 15 de setembro, e na Igreja Batista Nacional, em Caxias do Sul (RS), no dia 16. Posteriormente, André apresentará e autografará seus livros nas feiras do livro de Caxias do Sul, Bento Gonçalves (RS) e Vacaria (RS). Nesta última, ele realizará também oficinas de desenho.

15092018b - Vamos falar sobre bullying?

Alunos do 1º de maio demonstraram grande interesse pelo tema. FOTO: Divulgação/André Ilustras


André Ilustras

Facebook: André Ilustras Cartunista

Site: www.andreilustras.com.br

E-mail: andre@andreilustras.com.br

Fone: (54) 99653.0318

Muito a comemorar

Feira do livro de Santa Cruz do Sul recebeu 30 mil visitantes e vendeu 23,5 mil livros. Eventos paralelos destacaram o potencial dos escritores e ilustradores locais

Uma das principais cidades da região central do Rio Grande do Sul, Santa Cruz do Sul destaca-se em diversos segmentos da economia, com números expressivos. A 31ª edição da Feira do Livro da cidade, que aconteceu entre os dias 31 de agosto e 9 de setembro de 2018, mostrou que, também na literatura, a cidade tem um grande potencial. Segundo a organização do evento, recheado de atrações para todos os públicos, durante os 10 dias de feira foram registrados 30 mil visitantes e 23,5 mil livros foram vendidos nos 18 estandes.

 

DSC04192 - Muito a comemorar

Público conferiu as novidades de perto no estande da Zum. FOTO: Rafael Augusto Machado/Editora Vírtua

Depois dos quatro primeiros dias, em que a instabilidade do clima afastou uma parte do público, o sol voltou a brilhar na cidade e a circulação de leitores aumentou consideravelmente. Muitos aproveitaram para participar dos eventos que aconteciam na feira, como contações de histórias e invasão Cosplay, além de prestigiar ações em locais próximos como a palestra de Alexandre Beck, no Colégio Marista São Luiz; a mostra Vida Ilustrada, que apresentou trabalhos de ilustradores locais na Casa das Artes Regina Somonis; o encontro enre escritores de Santa Cruz e Caxias no Caffés Brandelero e o lançamento do livro “Pedaços”, de João batista da Silva, no OMA’s Haus Café, entre outros.

POTENCIAL LOCAL
Acompanhando os lançamentos e sessões de autógrafos ou caminhando pelos corredores da feira, era possível perceber o talento de escritores, editores e ilustradores santa-cruzenses. Chama a atenção e empolga a harmonia e união entre os agentes literários locais. Em frente ao estande da Zum, parceira da Vírtua na feira, um expositor exclusivo anunciava “autores locais”, e lá vendia suas obras. A literatura santa-cruzense caminha rumo ao crescimento e à consolidação no mercado.

DSC04203 - Muito a comemorar

Cidade, repleta de belos pontos turísticos, é forte na literatura. FOTO: Rafael Augusto Machado/Editora Vírtua

VÍRTUA NA FEIRA
A Editora Vírtua participou com muita alegria, pela primeira vez, da Feira do Livro de Santa Cruz do Sul, lançando na feira os livros “Ella”, de Leandro Angonese; “O Grande vazio”, de André Fortunato; “Pedaços”, de João Batista da Silva e “A república dos inocentes”, de Vanderlei Francisco Silva. A feira consolidou também a parceria entre a Vírtua e a Zum Editora, de Santa Cruz, iniciada algumas semanas antes, nas feiras do livro de Alegrete (RS) e Lajeado (RS). O Encontro de Diálogos Vírtua, que aconteceu no dia 1 de setembro e reuniu autores de Caxias e de Santa cruz, foi de grande valia para a Vírtua no sentido de evoluir em termos de produtos, serviços e, sobretudo, no aspecto humano, com a conquista de novas amizades e parcerias, que devem seguir fortes em eventos e projetos que devem seguir acontecendo entre escritores de ambas as cidades.

DSC04199 - Muito a comemorar

Leitores conheceram obras da Vírtua no estande da Zum. FOTO: Rafael Augusto Machado/Editora Vírtua

Café com poesia em Santa Cruz

Escritor e poeta caxiense João Batista da Silva apresenta seu livro “Pedaços”, no Café Colonial OMA’s HAUS, dia 3 de setembro, às 15h30

Depois de realizar eventos de lançamento em Caxias do Sul (RS), Farroupilha (RS) e Rio Negro (PR), o escritor e poeta caxiense João Batista da Silva apresentará seu mais novo livro, “Pedaços” (Editora Vírtua, 100 pg, R$ 32) aos leitores de Santa Cruz do Sul (RS) durante a Feira do Livro da cidade. O evento ocorrerá no OMA’s HAUS Café Colonial (Rua Marechal Deodoro, 280, Centro) a partir das 15h30 de segunda, 3 de setembro. Os leitores e escritores que comparecerem poderão adquirir este a outros livros de João Batista, que também estarão à venda no estande da Zum Editora e Distribuidora na Feira do Livro de Santa Cruz. Vírtua e Zum têm uma parceria comercial que visa a divulgação do potencial literário local e de Caxias do Sul.
Em “Pedaços”, o escritor expressa todo o seu talento com a poesia, jogando com as
palavras para demonstrar e expressar sentimentos que lhe marcaram com relação a pessoas, lugares, emoções e muito mais, sempre exaltando o lado humano das situações do cotidiano. Um livro de fragmentos poéticos, um enfeixe de poemas com sensibilidade à flor da pele.
Além de Pedaços, João Batista da Silva já lançou os livros Sonhar e pensar é preciso
(1990), Encanto dos bichos (2009), Lelé maluco não é (2011) e Lápis em cores (2013), e participou da 3ª e da 4ª edições da Antologia Caxiense de Poetas (1988/1991), além de ter o conto O menino que lia jornal publicado no livro Escritos Premiados (2008/2009). Seu blog (escritorbatista.blogspot.com.br) já foi lido em 54 países.

Sobre o livro:
Pedaços, de João Batista da Silva
Gênero: Poesia
Editora: Vírtua
Páginas: 100
Valor: R$ 32

04022018b - Café com poesia em Santa Cruz

06032018d - Café com poesia em Santa Cruz

25022018a - Café com poesia em Santa Cruz

Feira do livro de Lajeado (RS) começa nesta quinta, 23 de agosto

Livros da Vírtua estarão à venda no evento através da Zum, parceira da editora

O mundo literário segue movimentando as cidades gaúchas. No dia 23 de agosto, a partir das 9h, na Praça da Matriz, ocorre a abertura da 13° Feira do Livro de Lajeado, que terá como tema “Literatura Fantástica”. A programação vai até 26 de agosto e prevê oficinas, apresentações de dança, teatro, música, encontros com escritores e palestras.

Alguns títulos da Editora Vírtua estarão à venda no estande da Zum Editora, como “Quando o destino sorri prá você”, de Claudia Hackbart, “Ella” e “Inquietudes”, de Leandro Angonese e “A república dos inocentes”, de Vanderlei Francisco Silva. No final de semana seguinte terá início a Feira do Livro de Santa Cruz do Sul, onde a Vírtua deixará com a Zum todos os seus títulos, incluindo de autores que lançaram por outras editoras e que distribuem suas obras pela marca. A parceria também acontece na via inversa: quando a Vírtua participar de eventos em que a Zum não estiver, como nas feiras de Caxias do Sul e Vacaria, é a Vírtua quem levará as publicações da Zum para serem comercializadas.

PROGRAME-SE:

13ª Feira do Livro de Lajeado

Tema: Literatura Fantástica

23 a 26 de agosto

Local: Praça da Matriz

Dias/Horários: 23/08 (9h às 19h), 24/08 (8h às 19h), 25/08 (9h às 20h), 26/08 (9h às 18h).

Gisela Cardoso lança “Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro”, no Zarabatana Café, em Caxias

Livro que analisa os significados psicológicos da peça de Chico Buarque será apresentado ao público a partir das 20h30 desta quinta-feira, 23 de agosto

Que relações podemos estabelecer entre psicologia junguiana, antropologia do imaginário, música popular brasileira, mitologia grega e estudos culturais de gênero? A resposta a essa questão encontra- se em “Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro” (Editora Vírtua, 216 pg, R$ 40), livro baseado na obra de Chico Buarque. Nesta pesquisa, a psicóloga junguiana Gisela Cardoso evidencia sua maestria na seleção dos conceitos da Psicologia Analítica para analisar esta importante obra da cultura brasileira. A partir das 20h30 desta quinta, 23 de agosto, a autora recebe os leitores e autografa a obra no Zarabatana Café (Luiz Antunes, 312, Caxias do Sul), com algumas surpresas preparadas para o público.

Com base em uma ampla pesquisa bibliográfica, guiada pelo viés das ideias jungianas sem deixar de abordar cada aspecto da Ópera sob o ponto de vista de outros grandes estudiosos da psicologia, da antropologia e de outras ciências sociais, o livro torna-se, naturalmente, uma referência e objeto de pesquisa para todos os interessados em compreender como se construíram, ao longo dos anos, uma série de estereótipos e conceitos que se incorporaram à cultura brasileira e por que eles influenciaram tanto nossa sociedade.

Este é o primeiro livro de Gisela, psicóloga clínica especialista em Teoria e Prática Jungiana e em Arteterapia. É também mestre em Letras, Cultura e Regionalidade pela Universidade de Caxias do Sul (UCS) e idealizadora e gestora do “Giramundo: dançaterapia e outros movimentos”.

PROGRAME-SE

Lançamento do livro “Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro”, de Gisela Cardoso (R$ 40)

Dia 23 de agosto, às 20h30

Zarabatanta Café, em Caxias do Sul (Rua Luiz Antunes, 312)

capa baixa - Gisela Cardoso lança "Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro", no Zarabatana Café, em Caxias
Capa do livro. Desenho feito pela autora.
autores gisela - Gisela Cardoso lança "Os bastidores arquetípicos da Ópera do malandro", no Zarabatana Café, em Caxias
A autora.

Ao amor que renasceu das cinzas: Leandro Angonese apresenta “Ella” na Feira do Livro de Santa Cruz do Sul

Nona obra do poeta caxiense exalta a divindade feminina e os amores que marcam corações e desejos. Sessão de autógrafos acontece dia 1º de setembro, às 14h

A participação da Editora Vírtua na 31ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul terá diversas atrações especiais, como lançamentos e sessões de autógrafos de livros de seus autores e o encontro entre escritores de Caxias e Santa Cruz, no 4º Encontro de Diálogos Vírtua. Entre os livros da marca que serão apresentados na feira está “Ella” (Editora Vírtua, 88 páginas, R$ 15), de Leandro Angonese.

Ilustrado por Lucas Hoffman, este é o novo livro do poeta caxiense, sendo composto por poemas que exaltam a divindade da figura feminina e a forma como ela mexe com o coração e os sentimentos. “Ella” será apresentado ao público local no dia 1º de setembro, às 14h, quando o autor estará autografando o livro para os leitores. “De meus nove livros publicados, ‘Ella’ é meu ápice, pois foi escrito em um deserto. Não sou um poeta das planícies, sou um poeta que escreve nos abismos e o deserto, para mim, é um campo fértil. A minha religião é a poesia”, afirma o autor.

PROGRAME-SE

Lançamento e sessão de autógrafos do livro “Ella”, de Leandro Angonese

Feira do Livro de Santa Cruz do Sul

Sábado, 1º de setembro, às 14h

Valor do livro: R$ 15

CONFIRA ALGUNS TRECHOS DO LIVRO

“Por três dias e três noites

Fostes minha

Para todo o sempre

Serei teu.”

“És a aurora de minhas manhãs

Meu sol do meio-dia

És a lua que ilumina meus passos noturnos.”

“Teu corpo não tem fronteiras

Nele transito livremente

Em altar profano

Cometo terríveis pecados

Meu maior vício

Meu tormento noturno.”

Capa do livro Ella
Capa do livro “Ella”. Arte: Editora Vírtua

Vanderlei, nós e a inocência de todos os dias

“A república dos inocentes”, quarto livro de Vanderlei Francisco Silva, será lançado na Feira do Livro de Santa Cruz do Sul dia 9 de setembro, às 14h, retratando uma realidade que todos nós presenciamos diariamente

A literatura tem o poder de mexer com a imaginação, nos fazer pensar, refletir, se emocionar… Mas ela pode também incomodar. Inconformar. Nos tirar da zona de conforto. Os livros de Vanderlei Francisco Silva são obras que mesclam realidade e ficção de maneira a tocar em assuntos que, muitas vezes, são encarados como tabus pela sociedade. Ao final da leitura, é impossível não ter aquela sensação de que ainda há muito a ser mudado nos seres humanos e na sociedade.

Depois de ter feito grande barulho no meio literário caxiense com “Os desejos de Maria”, “Pecados permitidos” e “A primeira célula”, Vanderlei apresenta “A república dos inocentes” (Editora Vírtua, 200 páginas, R$ 35), onde conta a história de Hafighi, um palestino que é “descoberto” como um talento do Rugby e, levado à Argentina para praticar o esporte, é exposto a um interminável jogo de intrigas, interesses políticos e econômicos, preconceitos e corrupção.

Na trama, o autor vai ao fundo de cada questão, detalhando bastidores de fatos que, apesar de relatados como ficção, são baseados em fatos reais presenciados por nós todos os dias, mas que preferimos fingir que não vemos. Hafighi, ao longo da trama, se envolve com a bela jornalista Júlia e mergulha em conflitos morais que mexem com sua personalidade. Ao final, o leitor percebe que, por mais que presenciemos há muito tempo tudo que é relatado no livro, seguimos nos considerando todos inocentes. 

Alguns trechos da obra:

Quando o bombardeio acabou, ele carregou o
próprio pai nos braços por mais de cinco quilômetros,
até ser resgatado por soldados sauditas. O entardecer
do sétimo dia de Ramadã foi de silêncio e revolta.
Hafighi ouviu do velho criador de camelos as últimas
palavras, e, mais que um conselho, aquelas palavras
foram uma lição de vida, uma lição de fé.

− E como vou saber que vencerei a licitação?
Confiante, o assessor separou alguns formulários
e abriu-os diante dos olhos ávidos do palestino.
− Como o senhor pode ver, os valores já estão
todos definidos, as cifras da direita que estão em
verde serão depositadas na conta da empreiteira,
que por sua vez dividirá o valor em três partes. E
aí começa nosso negócio. Serão vinte por cento do
montante líquido para a Calderon, quinze por cento
para despesas com seguradoras e mão de obra e o
restante para a aquisição de materiais.

O homem mostrou a pistola russa sob o paletó.
– Entendido?
Hafighi assentiu, sem tirar os olhos do rosto do
outro agente. Os olhos dele falavam de um futuro encontro.
Um acerto de contas, talvez.
– Fique tranquilo. Sei o script – disse Hafighi.
A sala da quinta delegacia de entorpecentes
era suja e sem vida. O delegado, José de Lemos, parecia parte daquele lugar. Antipático, cara sofrida e
objetivo.

capanova baixa frente - Vanderlei, nós e a inocência de todos os dias
Capa do livro. Arte: Editora Vírtua. Modelo: Amanda Kurek
IMG 20180728 170718 - Vanderlei, nós e a inocência de todos os dias
Vanderlei (ao microfone) fala sobre sua obra no 2º Encontro de
Diálogos Vírtua, dia 28 de julho de 2018

André Fortunato lança “O Grande Vazio” em Santa Cruz

Novo livro de histórias em quadrinhos será apresentado na Feira do Livro e em um evento especial na cidade

A participação da Editora Vírtua na 31ª Feira do Livro de Santa Cruz do Sul terá diversas atrações especiais, como lançamentos e sessões de autógrafos de livros de seus autores e o encontro entre escritores de Caxias e Santa Cruz, no 4º Encontro de Diálogos Vírtua. Entre os livros da marca que serão apresentados aos autores está “O grande vazio” (Editora Vírtua, R$ 7), de André Fortunato. No formato de histórias em quadrinhos, a obra traz uma mensagem cristã de amor a Deus e aos semelhantes como forma de preencher o vazio que um mundo tomado pela competição e o individualismo pode gerar nas pessoas. “É um livro que fala sobre a ausência de Deus na vida dos homens”, diz o autor. Com grande aceitação no meio evangélico, a obra leva uma mensagem que pode ser bem recebida por todos os cristãos. “O livro fala de Jesus Cristo. Não sobre sua vida, mas a forma como ele transforma as pessoas”, complementa Fortunato.

O livro será apresentado ao público em sessão de autógrafos na Feira do Livro de Santa Cruz do Sul no dia 2 de setembro, às 14h, e no mesmo dia, às 18h, será apresentado também na Igreja Batista da Comunhão (em frente ao quartel da cidade), onde o autor realizará também uma facilitação gráfica, realizando desenhos que retratarão o culto realizado pela instituição naquela noite. Além de “O grande vazio”, André já publicou os livros “Bullying não é brincadeira”, “Pastor Gaúcho”, “Contos da caserna” e “Racismo, não!”. Na feira de Santa Cruz, os livros serão comercializados no estande da Zum, parceira comercial da Vírtua na região.

12082018e - André Fortunato lança “O Grande Vazio” em Santa Cruz
Arte criada pela Editora Vírtua para divulgar o lançamento em Santa Cruz do Sul